terça-feira, 19 de maio de 2015

# 91 : Le Chat


Se já adorava o Le Chat, pela sua vista deliciosa e aqueles cocktails maravilhosos, agora que provei a sua comida, virei fã incondicional. Aproveitando o calor e o sol que visitaram Lisboa no Domingo, optámos por petiscar alguma coisa leve, enquanto admirávamos o Tejo.
Pedimos umas chips de batata-doce para começar, seguidas de umas chamuças de queijo de cabra e mel (fabulosas!) e de um pica-pau de atum com citrinos (estrondoso!). Para acompanhar, nada como um sumo de ananás com gengibre e manjericão, para nos refrescar a alma. Num outro registo, o cocktail de cachaça com maracujá e manjericão promete fazer as delícias de qualquer um, especialmente num final de tarde.
Por último, e em jeito de remate, pedimos uma Salada Primavera, que só de me lembrar, me deixa com água na boca. Como em qualquer grande prato, a sua composição é bastante simples, consistindo um requeijão generoso, acompanhado por gomos de laranja e amêndoas laminadas, sobre uma cama de alfaces. O toque de gênio, pra mim, consiste no molho, feito à base de mel. É tão boa, mas tão boa, que mal posso experimentar por a tentar replicar.