segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

# 229 : Amor e Informação

(English version below)

Na sexta-feira não me apetecia ficar em casa, pelo que fui sondar o que andava em cartaz nos teatros e reservei um bilhete para a peça Amor e Informação, de Caryl Churchill, no Teatro Aberto. Foi um serão estupendo.
Composta por mais de 50 cenas isoladas, tipo sketch, Amor e Informação leva-nos a pensar no impacto que a imensa informação e a necessidade/existência de amor têm na nossa vida. É fatídico vermo-nos retratados em algumas cenas. ao não terem nome, aquelas personagens somos nós. A azáfama de informação, o não-ouvir os outros, a falta de concretização e a histeria são alguns dos temas genialmente abordados, em que me revi vezes sem conta.
É uma peça excelente, bastante divertida e leve, ao mesmo tempo que profunda, se pensarmos bem naquilo que estamos a ver.




--

Last Friday, I did not feel like staying at home, so I fathom what was on display in theaters and I booked a ticket for the play Love and Information, by Caryl Churchill, on Teatro Aberto. It was a great evening.
Comprising more than 50 isolated scenes, like sketchs, Love and Information leads us to think about the impact that the vast information and the need/existence of love have in our lives. It is fateful see ourselves portrayed in some scenes. The bustle of information, not-listen to others, failure to establish and hysteria are some of the topics covered brilliantly.
It's a great piece, very funny and light, while deep, if you think about what you are seeing.