segunda-feira, 30 de setembro de 2013

# 164 : la Brasserie d'Entrecôte

(English version bellow)

No sábado fomos surpreendidos pela forte chuva do final da manhã. Bem sei que era previsível, que os meteorologistas alertavam a alta voz, mas mesmo assim saímos à rua e fomos passear pela Baixa. Quando começou o dilúvio, refugiá-mo-nos numa loja, à espera que abrandasse. As nuvens deram-nos umas breves tréguas e corremos para a Brasserie d’Entrecôte, na Rua do Alecrim. Com as sabrinas encharcadas e o ânimo em baixa pelo céu tão cinzento, a Brasserie trouxe-me o conforto que tanto queria. Sentámo-nos naquela sala excepcional e deliciámo-nos com um pão saboroso e estaladiço que, com uma boa manteiga, nos aqueceu a alma e recuperou o ânimo. Lá fora, ouvíamos a chuva, que voltara, a bater no vidro. Ali, tão confortáveis e quentes, conversámos com alegria.
Com um menu que não exige grandes escolhas, optámos pela sempre acertada salada com nozes. Quanto ao entrecôte, a escolha resume-se ao grau de cozedura. Como sempre, pedi “bem passado”, ignorando os protestos contra. A minha escolha prende-se, apenas, pelo molho. Gosto tanto que não quero que o sangue (ou “suco” para os críticos mais esclarecidos) altere aquele paladar (ainda assim, secretamente, prometi a mim mesma que para a próxima experimentarei o “médio”). O molho é tão delicioso que se sente o silêncio na sala. Pouco se fala, todos centram as suas atenções no deleite daquela degustação.
Numa forma de jogo, tentámos adivinhar os ingredientes de tão rico paladar. Conseguimos descobrir pelo menos 5 dos 34 ingredientes secretos (que pensava serem apenas 14): manteiga, mostarda (soubemos que têm de ser de Dijon), Cebola (que pelos vistos têm de ser grande, “bota grande nisso” disse-nos o maître), salsa (com pé, o que resulta nos fios que julgávamos serem de espargos) e farinha (tem de ser Maisena). A estes, ainda se juntam alcaparras, vinho madeira e um saco secreto com 16 especiarias e ervas aromáticas, o “tesouro” deste molho.  Pelo sabor, temos a certeza que também levará sal, pimenta e alecrim. Talvez um pouco de azeite, natas ou leite. Soubemos que o saco misterioso, onde preside o segredo do molho, é preparado por uma Senhora. Nem o Chef sabe o segredo do saco, nem a Senhora conhece o restante da receita. Nesta senda, o paladar fica ainda mais apurado pela curiosidade e pelo mistério. Saímos de lá satisfeitos e felizes.

Espero que o segredo dure por muito tempo. Receio que se um dia o descobrirmos, o entrecôte perderá o seu sabor…




--

On Saturday we were surprised by heavy rain late morning. I know that it was foreseeable, that forecasters warned with a high voice, but we still left the road and went strolling Dowtown. When the flood began, we refugee in a store, waiting to relent . The clouds gave us a brief respite and we ran to the Brasserie d' Entrecôte, in Rua do Alecrim. With my Sabrinas wet and my spirit low with the sky so gray, the Brasserie has brought me the comfort that I wanted. We sat in that exceptional room and we tasted that delicious and crispy bread with a good butter, waht warmed our soul and regained our spirits. Outside, we could hear the rain had returned, hitting the glass. There, so comfortable and warm, we talked with gladness.
With a menu that does not require great choices, we opted for the always right salad with nuts. As for the rib, the choice boils down to the degree of cooking . As always, I asked "well done", ignoring the protests. My choice concerns only by sauce. I like it so much that I do not want the blood (or "juice" to the more enlightened critics) changes the taste (still secretly I promised myself that the next time I will experience the "medium").The sauce is so delicious that loved the silence in the room . Little is said , focus all your attention on that tasting delight .
In a game, we tried to guess the ingredients of such a rich taste. We managed to find at least 5 of the 34 secret ingredients (I thought were only 14): butter , mustard (we learned that they have to be Dijon), onion (which apparently have to be huge), salsa (with foot, resulting in the wires that we thought were asparagus) and flour (must be Maisena). The latter, just join capers, Madeira wine and a bag with 16 secret herbs and spices, the "treasure " of this sauce. By taste, we are sure it also has salt, pepper and rosemary. Maybe a little olive oil, cream or milk. We learned that the mysterious bag, which presides over the secret sauce is prepared by a Lady. Neither the Chef knows the secret of the bag, or the Lady knows the rest of the recipe. In this vein, the palate is further determined by curiosity and mystery. We left satisfied and happy .
I hope the secret long endure. I fear that if one day we find out, the rib will lose its flavor ...

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

# 163 : Sugestões para o fim-de-semana // Suggestions for the weekend

(English version below)

Com a chegada do Outono e as primeiras chuvas, começa a apetecer programas mais caseiros e quentes. Por isso, as três sugestões para este fim-de-semana serão indoor. Primeiro, sugiro o espectáculo Deixem o Pimba em Paz, com o Bruno Nogueira e a Manuela Azevedo, no S. Luiz. Embora concorridissimo, ainda existem bilhetes à venda para a sessão de domingo, à tarde. Queria tanto ver que comprei o meu assim que abriram as bilheteiras.
Neste sábado, pegue no seu livro, refugie-se no seu café favorito e perca-se na leitura... Para mim, não há nada melhor num dia de chuva que uma tarde bem passada no Starbucks, no LA Caffé ou no Lost In, acompanhada por um bom livro e uma bebida quente. É um Clássico!
Depois, para a noite, agarre nos seus amigos e percorra a Rota das Tapas. É o programa perfeito para pro a conversa em dia, matar saudades e gozar de um bom momento. Tapear é exactamente isso, é um momento que deve ser partilhado e bem vivido! Quanto a mim, ainda me faltam experimentar 15 das 19 que escolhi como obrigatórias...


--

With the arrival of autumn and the first rains, we begin to desire home and warm programs. Therefore, the three suggestions for this weekend will be indoor. First, I suggest the show Deixem o Pimba em Paz, with Bruno Nogueira and Manuela Azevedo, in S. Luiz. There are still tickets on sale for the Sunday session in the afternoon. I wanted so much to see that I bought my ticket as soon as they started being sold.
This Saturday, take your book, escape to your favorite coffee and lose yourself in reading ... For me, there is nothing better on a rainy day as a fantastic afternoon at Starbucks, LA Caffé or Lost In, accompanied by a good book and a hot drink. It's a Classic.
Then, for the night, grab your friends and go through the Route of Tapas. It's the perfect program for the catch up, relive memories and enjoy a good time. Tapear is exactly that, it is a moment that should be shared and well lived! As for me, I still lack experience 15 of the 9 that I have chosen as mandatory ...

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

# 162 : MUDE em movimento

(English version below)

Entre hoje e sábado, o MUDE em movimento - uma iniciativa conjunta entre o MUDE, a Colecção Francisco Capelo e a Vo'Arte - irá invadir a Rua Augusta e a Praça do Comércio, com diversas propostas artísticas distintas inspiradas na paisagem urbana.
A programação será a seguinte, descrita em pormenor na Nota de Impressa:

26 de Setembro - Rua Augusta, MUDE

09h00 - Árvores, by Clarice Lima (workshop na PRO DANÇA)
13h00 - Árvores, by Clarice Lima (workshop na PRO DANÇA)
18h00 - Olhar Urbano, by Companhia Artesãos do Corpo (performance
19h00 - Les Hommes Scotchés, by Cie Mi- Octobre/ Serge Ricci (performance)

27 de Setembro - Rua Augusta, MUDE

09h00 - Árvores, by Clarice Lima (workshop na PRO DANÇA)
13h00 - Árvores, by Clarice Lima (workshop na PRO DANÇA)
18h00 - Árvores, by Clarice Lima (performance/instalação)
19h00 - Árvores, by Clarice Lima (performance/instalação)

28 de Setembro - Terreiro do Paço

16h00 - Olhar Urbano, by Companhia Artesãos do Corpo (coreografia/instalação)
17h00 - Sobre Rodas, by CiM (dança)


--

Mude em Movimento – Festival of Design and Performance is a joint initiative between MUDE – Design and Fashion Museum, Francisco Capelo Collection and Vo’Arte, that will run from 26th to 28th September in Rua Augusta and Praça do Comércio, in Lisbon. All the informations are on the Press Note.


quarta-feira, 25 de setembro de 2013

# 161 : Tapa Bucho

(English version below)

Uma das coisas que mais gosto na Rota das Tapas é poder descobrir lugares novos. Nesta segunda edição, conheci o Tapa Bucho - um bar de tapas acabidinho de estrear em pleno Bairro Alto. Um sítio giríssimo, com uma ementa que promete, é um excelente restaurante de amigos. Com 2 dedos de conversa com o Staff (simpatiquíssimo!) e uns portobello deliciosos, fiquei fã!
Assim que acabar a azafama da rota, espero lá voltar!


--

One of the things I like the most in the Tapas Route is the discovery of new places. In this second edition, I met Tapa Bucho - a new tapas bar in the Bairro Alto. Fancy, with a menu that promises, it is an excellent restaurant to join some friends. With a small conversation with the Staff (very nice!) and a delicious portobello, I became a fan!
Once the bustle of the route is finished, I hope to go back there!


domingo, 22 de setembro de 2013

# 160 : Fado

(English version below)

Ontem escutei Fado ao vivo pela primeira vez. Conhecia Mariza, Amália e Ana Moura da rádio e da televisão. Gostava do que ouvia e até cantarolava, mas nunca tinha passado disso: de uma excelente música portuguesa, a canção do nosso povo. Mas só ontem, no Caixa Alfama, percebi o que era o Fado: um sentimento, um choro, a nossa alma.
Em plena Alfama, junto ao rio, a Raquel Tavares deixou-me em lágrimas. Com uma voz sublime, o Fado saía-lhe da alma, do fundo do coração. Era como se lhe corresse nas veias. Como se não o contivesse, como se fosse uma força que não conseguia guardar dentro de si. Fiquei rendida, chorando incessantemente. Finalmente compreendi. O Fado é lindo, é maravilhoso, um sentimento indescritível, é uma dor doce e arrebatadora.

Raquel Tavares em palco, by Mr. JC



No fim, o António Zambujo foi um deleite, um encanto. Com uma voz tão doce e um sorriso maravilhoso, o António Zambujo representa um outro fado, alegre e igualmente sentido. Canta-o com uma enorme simplicidade, como se falasse num bar, contando os seus dias aos amigos. É fabuloso. 

Agora que o descobri, o Fado faz, finalmente, parte de mim. Agora que o senti, nunca mais o vou largar...

--

Saturday I heard Fado live for the first time. I knew Mariza, Amalia and Ana Moura by radio and television. I liked what I heard and even hummed, but  for me it was just an excellent Portuguese music, the song of our people. But just yesterday, in Caixa Alfama, I realized what was Fado: a feeling, a cry, our soul.
In Alfama, next to the river, Raquel Tavares left me in tears. With a sublime voice, Fado left her soul, from the heart. It was as if it ran in her veins. As if she could not contained it, as if it were a force that she could not keep inside. I surrendered, crying incessantly. I finally understood. Fado is beautiful, it's wonderful, an indescribable feeling, a sweet and ravishing pain.
In the end, Antonio Zambujo was a treat, a delight. With a sweet voice and a wonderful smile, António Zambujo represents another fado, happy and also sense. He sing it with tremendous simplicity, as if he was talking in a bar, describing his days to friends. It is fabulous.

Now that I discovered, Fado is finally part of me. Now I felt it, I will never leave it...

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

# 158 : Sugestões para o fim-de-semana // Suggestions for the weekend

(English version below)

Para este fim-de-semana, 2 grandes sugestões que valem, cada uma, por 1000: as Jornadas Europeias do Património, nas quais pode participar em visitas às ruínas subterrâneas da Rua dos Correeiros (que são abertas ao público apenas 3 dias pro ano) ou visitar o Palácio de S. Bento, de entre inúmeras outras actividades; e a II edição da Rota das Tapas, que desta vez conta com a Alfama.
Eu vou andar por aí, a gozar de tudo isto. Vêm também?



--

To this weekend, two major suggestions worth, each, for 1000: the European Heritage Days, in which visitors can visite the underground ruins of Correeiros Street (which are open to the public only three days pro year ) or visit the Palace of S. Benedict, and the second edition of the Tapas Route, which this time has the Alfama.
I'll walk around to enjoy it all. Will you come too?

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

# 157 : Art Wear no Museu d'Orsay // Art Wear at Museum d'Orsay

(English version below)

Art Wear chegou ao Museu d'Orsay, um dos meus recantos favoritos em Paris, mostrando o que de melhor Portugal têm para oferecer a todos os visitantes da Cidade da Luz. Depois da parceria com Joana Vasconcelos para o merchandising da sua exposição no Palácio Versailles, podemos agora encontrar a marca portuguesa em mais um museu.
Mal posso esperar por voltar a Paris...




--

The Art Wear reached the Musée d'Orsay, one of my favorite places in Paris, showing the best that Portugal has to offer to all visitors of the City of Light. After the partnership with Joana Vasconcelos for the merchandising of her exhibition at the Palace Versailles, we can now find the Portuguese brand in another great museum.
Can not wait to go back to Paris ...

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

# 156 : Rota das Tapas - round 2 // Tapas Route - 2nd round

(English version below)


Amanhã começa mais uma Rota das Tapas, patrocinada pela Estrella Damm. Os pormenores ainda não são conhecidos, mas se for, pelo menos, tão boa como a última, vale a pena experimentar com um bom grupo de amigos, numa noite animada. Alista dos restaurantes só estará disponível amanhã, na página da página da Estrella Damm no facebook. Assim que souber mais novidades, conto tudo!


--

Tomorrow begins another Tapas Route, sponsored by Estrella Damm. The details are not yet known, but if it is at least as good as the last, it is worth experimenting with a good group of friends, a lively night. Once I know more news, I tell you everything!

terça-feira, 17 de setembro de 2013

# 155 : O quiosque do Pirolito

No sábado, fui conhecer o quiosque do Pirolito. Em pleno Cais do Sodré, o Pirolito é perfeito para uma noite mais calma ao ar livre, acompanhada de uma boa conversa...

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

# 154 : Turista em Lisboa por um dia - Free Walking Tours com aChill-out

(English version below)

No sábado, aceitei um convite de uns amigos e voltei a ser turista em Lisboa. De manhã, juntámos-nos ao grupo da Lisbon Chill-Out Tours e percorremos a cidade, do Chiado à Graça, pelos olhos do José, o nosso guia. Por uma feliz coincidência, todos os turistas era brasileiros, o que nos permitiu ouvir as histórias da cidade em português. Como qualquer boa história, é muito mais rica na sua língua-mãe..


Partindo do Largo Camões, descemos o Chiado em direcção ao Largo do Carmo. Na passagem, ouvimos a história do Chiado, espreitámos as lojas antigas e admirámos os edifícios.


No Largo do Carmo, falámos do terramoto, da reconstrução da cidade depois da tragédia e do 25 de Abril. 



Descendo, chegámos ao Rossio...




... passámos pelo teatro nacional e caminhámos em direcção à Igreja de S. Domingos.


Da Igreja de S. Domingos, percorremos a Baixa e chegamos à Casa dos Bicos. Nesta casa, que em tempos se pensava estar revestida de diamantes, falámos da Rota das Sedas e do antigo mercado no Campo das Cebolas. Admiramos as árvores e recordamos aquele tempo em que éramos tão grandes... Se para nós as histórias eram um encanto, para os brasileiros eram pura magia. Ouviam tudo, queriam saber mais e sonharam com o que era Lisboa naquele tempo.


Seguindo em direcção a Alfama, passamos pela Judiaria, cheia de recantos e pormenores,


e parámos à porta da Tininha. De uma simpatia contagiante, a Tininha é de uma doçura tão grande quanto a sua ginjinha. Ficámos a conhece-la, tirámos imensas e fotografias e decorámos onde fica este cantinho para que não o esqueçamos. Espero voltar lá em breve e por muitas vezes, a ginjinha da Tininha será paragem obrigatória nas nossas passeatas pelas ruas de Alfama.


De alma cheia e com o ânimo renovado, subimos a colina e chegámos à Graça, a nossa última paragem. A vista é linda! Chega o momento das despedidas. Nestas 4 horas, ficámos amigos, trocamos emails e partimos cheios de saudades... 
Foi a primeira vez que participei numa free walking tour e adorei! Recomendo a todos, é fantástico!



--

On Saturday , I accepted an invitation from some friends and went back to being a tourist in Lisbon. In the morning, we joined the group of us Lisbon Chill - Out Tours and traveled the city, from the Chiado to Graça, through the eyes of José, our guide . By a happy coincidence, all tourists were Brazilians, which allowed us to hear the stories of the city in Portuguese . Like any good story, it is much richer in their mother language...
Starting from Largo Camões , we went down through Chiado towards Largo do Carmo. In passing, we heard the story of the Chiado, peeked antique shops and admired the buildings. In Largo do Carmo, we spoke of the earthquake, the rebuilding of the city after the tragedy and April 25th .
Down, we arrived at Rossio, we passed by the national theater and walked towards the Church of S. Domingos.
From there we traveled to the Casa dos Bicos . In this house, which was once thought to be coated diamond, we spoke of the Silk Route and the old market in the Campo das Cebolas . We admire the trees and remember that time when we were so big... If for us the stories were a delight, to the Brazilians were pure magic. They listened to everything, they wanted to know more and dreamed of what Lisbon was at the time.
Following towards Alfama, we passed by our Judiaria (Jewry), full of nooks and details, and we stopped at the door of Tininha. With a contagious sympathy, Tininha is a sweetness as big as her ginjinha. We were to meet her, we took lots of photos and decorate this corner which is not to be forgotten. I hope to return there soon and often the ginjinha Tininha be the obligatory stop in our marches through the streets of Alfama.
With renewed vigor, we climbed the hill and came to Graça, our last stop. The view is beautiful! Comes the moment of goodbyes. In these four hours, we were friends, we exchanged emails and set off full of longing ...
It was the first time I attended a free walking tour and loved it! I recommend to all , it's fantastic !







domingo, 15 de setembro de 2013

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

# 151 : Sugestões para o fim-de-semana! // Suggestions for the weekend!

(English version below)

Tentando fugir às sugestões habituais, para este fim-de-semana recomendo, já para esta noite, uma visita à "nova" Rua Rosa, que finalmente voltou a ganhar a cor que a rebaptizou. No sábado, uma visita ao Castelo de S. Jorge, experimentando o novo elevador Baixa - Castelo, mas só para a subida... na volta, vale a pena descer pelas ruas da cidade, são maravilhosas! Por fim, no domingo, o LX Market, um dos espaços perfeitos para um domingo de sol. A estas, junta-se o habitual Meo Out Jazz, que se encontra, neste último mês, no jardim da Tapada das Necessidades.


--

Trying to escape the usual suggestions for this weekend I recommend, as for tonight, a visit to the "new" St Rose, who finally regained the color that renamed. On Saturday, a visit to the Castle of S. Jorge, experiencing new lift Baixa- Castelo, but only to the rise ... on the back, it's worth going down the streets, are wonderful! Finally, on Sunday, the LX Market, one of the spaces perfect for a sunny Sunday. To these is added the usual Meo Out Jazz, which is in this last month, in the garden of Tapada das Necessidades.

# 150 : Os macarrons da Lev

(English version below)

Numa noite tão animada e cheia de vida como a de ontem, os macarrons da Lev foram para mim a grande surpresa do VFNO 13. Soberbo, lindo, delicioso e, como se não bastasse, dietético, o macarron de morango fez as minhas delicias naquela noite.


--

One night as lively and vibrant as yesterday, macarrons of Lev were for me the big surprise of the VFNO 13. Wonderful, beautiful, delicious, and to top it off, dietary, the macarron strawberry delights that made ​​my night.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

terça-feira, 10 de setembro de 2013

# 148 : Confissões de uma coffeeholic - o café de saco // Confessions of a coffeeholic - the bag coffee

(English version below)

Não podia ter passado pelo Brasil sem aprender a técnica do café de saco. Embora fraco, o café de saco é delicioso, uma bebida bem reconfortante de manhã ou ao jantar, quando o calor lá fora não é sufocante.
Tudo começa por se aquecer a água, no fogão como manda a tradição, enchendo a chaleira até à marca (chaleira com vida já tem a marca da agua bem gravada).



Enquanto a água aquece, enchemos o saco com café a gosto (de boa qualidade como se quer e, no nosso caso, com 3 colheres de sopa bem cheias). Pegamos noutra chaleira e começamos o processo..



De saco aberto, vertemos água sobre o saco até o acharmos "cheio", enrolamos os pauzinhos um sobre o outro para "apertar o café" e com uma colher ou uma faca esprememos. Repetimos estes passos as vezes necessárias até acabarmos a água.



O resultado é um café "fresquinho", como se diz por lá, e delicioso...

--

It could not have gone through Brazil without learning the technique of "the bag coffee". Although weak, the bag coffee is delicious, comforting and the perfect drink, in the morning or in the evening, when the heat outside is not suffocating.
It all starts by getting those to water, on the stove as tradition dictates, filling the kettle up to the mark (kettle with life already has the mark of the water well recorded). While the water heats, fill the bag with coffee (good quality and, in our case, with 3 tablespoons well filled). We took another kettle and begin the process. With the bag bag open, have shed water over the bag until we find is the "filled". We wrapped chopsticks on each other to "push the coffee" and with a spoon or a knife squeezed. We repeat these steps as often as necessary to finish the water.
The result is a coffee "freshly baked", as they say there, and delicious ...



segunda-feira, 9 de setembro de 2013

# 147 : VFNO 13 - A melhor noite da cidade é já esta semana // VFNO 13 - The best night in town is this week

(English version below)


O Fashion's Night Out é a minha noite favorita em Lisboa. Uma estrondosa iniciativa da Vogue que anima os principais pontos da cidade, a Rua Castilho, a Avenida da Liberdade, o Chiado e o Príncipe Real. É uma noite de alegria, de beleza, de música e de animação constante. Percorrer a Avenida da Liberdade traz-nos uma alegria contagiante, numa noite onde não há lugar para tristezas. Uma vez mais, na quinta-feira percorrerei com as minhas amigas o meu percurso de eleição: a Rua Castilho e, de seguida, a Avenida. No final da noite, juntamo-nos aos rapazes para um grande jantar... Já têm o seu percurso?



--

The Fashion's Night Out is my favorite night in Lisbon. It's A fantastic initiative of Vogue that animates the main points of the city: Castilho Street, Liberdade Avenue, Chiado and Principe Real. It's a night of joy, beauty, music and lot of fun. Down the Liberdade Avenue, VFNO brings us a contagious good mood, a night where there is no place to sorrows. Once again, I will run with my friends my route of choice: Rua Castilho, then the Avenue. At the end of the night, we join the boys for a great dinner ... And you, do you already have your route?

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

# 145 : Bom noite! // Good night!



# 144 : Sugestões para o fim-de-semana... // Suggestions for theweekend...

(English version below)

Para este fim-de-semana, nada melhor do que redescobrir Lisboa: um copo com os amigos no Park, onde podemos disfrutar de uma vista fantástica sobre a cidade; um passeio pela Baixa, para vermos o que há de novo e (re)espreitarmos o MUDE; e, no domingo, uma tarde fantástica no Jardim das Necessidades para mais um Meo OutJazz, onde poderemos descansar ao sol, conviver com os nossos amigos e ouvir a música fabulosa dos Brass Wires Orchestra.


--

To order this weekend, nothing better than to rediscover Lisbon: a drink with friends at the park, where we can enjoy a fantastic view over the city, a stroll through downtown, to see what's new and (re) espreitarmos CHANGE, and on Sunday, a fantastic afternoon in the Garden Needs for another Meo OutJazz, where we can relax in the sun, hang out with our friends and listen to fabulous music of Brass Wires Orchestra.

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

# 143 : As melhores semanas do ano // Best weeks of the year

(English version below)

As últimas duas semanas de Agosto e as primeiras de Setembro são, certamente, um dos meus períodos favoritos do ano. É a época dos deliciosos figos dos meus avós paternos e do fabuloso doce de tomate da minha avó materna. É a época das Vindimas em Palmela e do reabastecimento da minha garrafeira. Do reorganizar o quarto, pensar no que vou deixar no roupeiro e no que vou arrumar. É a época das novidades, das redescobertas e dos reencontros. Voltamos de férias com um novo fôlego e cheios de energia para descobrir o que há de novo por aí...



--

The last two weeks of August and the first ones of September are certainly one of my favorite periods of the year. It is the season of delicious figs from my paternal grandparents and the fabulous tomato jam from my maternal grandmother. It is the time of the grape harvest in Palmela and replenishment of my wine cellar. Rearrange the room, thinking about what I will leave in the closet and I need. It is the time of the news, the rediscovered and reunions. We came back from vacation with a new breath and full of energy to find out what's new out there ...

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

# 142 : Encontrar Portugal em Hvar!

(English version below)

Mais do que viajar e conhecer novos mundos, algo que me preenche imensamente, adoro encontrar pedacinhos de Portugal lá fora: pessoas, sabores, qualquer coisa que faça parte do ser português. Em Hvar encontrar algo inesperado, algo que nunca esperei encontrar em qualquer outro lugar do mundo que não em terras lusitanas. Encontrei um restaurante chamado Passarola, o símbolo de uma das maiores obras portuguesas. Encontrar uma referência a Saramago e aos seu Memorial numa ilha croata foi dos melhores momentos desta viagem às margens do Adriático.
Infelizmente não consegui conhecer o dono deste restaurante, adoraria saber se era português ou, se não for, como surgiu esta paixão.


--

More than travel and see new worlds, something that fills me immensely, I love finding bits of Portugal out there: people, tastes, anything that is part of being Portuguese. In Hvar I found something unexpected, something I never expected to find anywhere else outside this Lusitanian lands. I found a restaurant called Passarola, the symbol of one of the largest Portuguese works. Find a reference to Saramago and his memorial was a Croatian island of the best moments of this trip to the shores of the Adriatic.
Unfortunately I could not meet the owner of this restaurant, I would love to know if it was Portuguese or, if not, how did this passion.

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

# 140 : Lisboa eleita Europe's Leading City Break Destination 2013 — World Travel Awards

(English version below)

Que Lisboa é a cidade perfeita para uma escapadela já todos sabíamos, mas vê-la reconhecida pelos World Travel Awards é sempre refrescante. Na edição de 2013, Portugal recebeu 9 galardões internacionais, reafirmando-se como um destino turismo de excelência.
Para além do prémio de Europe's Leading City Break Destination 2013 atribuído a Lisboa, Portugal foi distinguido como Europe's Leading Golf Destination 2013. A estes somam-se ainda os prémios Europe's Leading Beach Destination 2013 atribuído ao Algarve, Europe's Leading Boutique Resort 2013 recebido pelo Vila Joya, Europe's Leading Design Hotel 2013 para o The Vine Hotel, Europe's Leading Golf Resort 2013 atribuído ao Hotel Quinta do Lago, Europe's Leading Luxury Resort 2013 recebido pelo Conrad Algarve e, por último, Europe's Leading Villa Resort 2013 atribuído ao Martinhal Beach Resort & Hotel.


--

That Lisbon is a perfect city for a break we all knew already, but to see it recognized by the World Travel Awards is always refreshing. In the edition of 2013, Portugal received 9 international awards, reasserting itself as a tourism destination of excellence.
Besides the award of Europe's Leading City Break Destination 2013 assigned to Lisbon, Portugal was awarded as Europe's Leading Golf Destination 2013. To these are added to further premiums Europe's Leading Beach Destination in 2013 attributed to the Algarve, Europe's Leading Boutique Resort 2013 received by Vila Joya, Europe's Leading Design Hotel in 2013 for The Vine Hotel, Europe's Leading Golf Resort in 2013 attributed to the Hotel Quinta do Lago, Europe's Leading Luxury Resort received the 2013 Conrad Algarve and, finally, Europe's Leading Villa Resort in 2013 attributed to Martinhal Beach Resort & Hotel.


domingo, 1 de setembro de 2013

# 139 : O pôr-do-sol de Zadar // The Zadar's sunset

(English version below)

Diz-se que Hitchcock classificou o pôr-do-sol de Zadar como o mais belo do mundo. Não sei se o é ou não, não conheço todo o mundo ainda, mas tenho a certeza que é um forte candidato.
Quando chegámos a Zadar, já o sol ia baixo. Corremos para o Órgão do Mar, para vermos o sol a pôr-se, e encontrámos dezenas de pessoas, jovens e adultos, amigos, namorados, viajantes solitários, todos juntos, sentados à beira-mar, à espera que o sol caísse sobre o horizonte. É um momento magico ver tantas pessoas, dos mais variados cantos do mundo, todos reunidos, em quase silencio, olhando o sol e escutando a música das ondas. No fim, os mais emocionados aplaudem...
Até pode não ser o pôr-do-sol mais belo do mundo, tenho um carinho especial por este, mas é certamente um momento único na vida de todos nós.


--

It is said that Hitchcock described the sunset in Zadar as the most beautiful in the world. I do not know if it is or not, I do not know the whole world yet, but I am sure it is a strong candidate.
When we arrived in Zadar, the sun was going down. We ran the Sea Organ, to see the sun go down, and we found dozens of people, young and old, friends, lovers, lone travelers, all together, sitting by the sea, waiting for the sun to come over horizon. It is a magic moment to see so many people from many different corners of the world, all gathered in almost silence, watching the sunset and listening to the music of the waves. In the end, the most thrilled applaud ...
It may not even be the setting of the sun most beautiful in the world, I have a special affection for this, but it is certainly a unique moment in everyone's life.