terça-feira, 30 de julho de 2013

# 132 : Volto já! - As malas // Be right back! - The luggage

(English version below)

Com 2 viagens seguidas marcadas, umas meras 20h de diferença entre um regresso e a partida seguinte e muitas horas de jetleg, a preparação das malas avizinha-se um autêntico desafio. Se, para a primeira, a tarefa não será muito difícil, com direito a uma mala gigante no porão, para a segunda viagem, vou ter de conseguir colocar 12 dias numa pequena mochila 55x40x25. Como?!?! Pior: o que levar para um lado, o que levar para outro e o que levar aos dois? Felizmente, conheço todos os segredos para arrumar bem uma mala e uma mochila, o difícil será mesmo escolher o que levar e encontrar espaço.
Começo com os pequenos truques: escolho uma ou duas cores, junto básicos pretos e brancos e, com “poucas” peças, consigo 10 modelitos de dia e 10 modelitos de noite. Mas, ainda assim, começam aqueles desejos de última hora, aquela saia que gostava tanto de usar, ou aquele vestido novo que não aguento enquanto não estrear…
necessaire, esse, é o mais fácil! Tenho-o sempre pronto, com tudo o que não dispenso em versão pequena, até o meu eterno Miss Dior Cherie, sempre pronto para qualquer escapadinha de última hora.


O desafio está lançado!!

--

With 2 following trips booked, a mere 20h difference between a return and the next departure, and many hours of jetleg, preparing bags ahead is a real challenge. If, for the first, the task will not be too difficult with the right to a giant suitcase in the basement, for the second trip, I'll have to get put 12 days in a small backpack 55x40x25. How?!?! Worse: what to take to one side, which lead to another and to take both? Fortunately, I know all the secrets to pack and a suitcase and a backpack, it is hard even choose what to take and find space.
Beginning with the little tricks: choose one or two colors together basic black and white, and with a "few" pieces, 10 outfits for day and 10 outfits for night. But still, get those last-minute desires, that skirt was so fond of using, or that new dress I can not stand while not debut ...
The necessaire, this is the easiest! I have it always ready with everything that does not dispense in small version, even my eternal Miss Dior Cherie, always ready for any last minute getaway.

Challenge accepted!


.

# 131 : Confissões de uma coffeeholic - O café matinal // Confessions of a coffeeholic - The morning coffee

(English version below)

Antes de entrar em férias, tento reduzir o número de cafés que bebo, não só numa tentativa de abrandar o ritmo para desfrutar melhor do período de descanso que se avizinha, como também de precaução, porque fora de Portugal encontrar um bom café é uma aventura. Como primeiro passo, tento cortar o café matinal, mas a tarefa é difícil...

Esta manhã foi particularmente atrapalhada. às 08h20 acordei sobressaltada: tinha desligado o despertados pela última vez às 07h00 e tinha voltado a adormecer. Pior: já tinha passado a hora a que costumo sair de casa. Salto da cama e corro para a casa-de-banho. Duche rápido, lavo a cara e os dentes. Volto ao quarto, faço a cama e escolho um  vestido. Maquilhagem leve, um jeito no cabelo, uns brincos simples, uns pumps baixos para andar rápido e saio de casa a correr. Às 08h59 já estava no na plataforma do metro à espera que ele chegasse (faltavam 4 minutos!). 
Às 09h15 entro no banco e corro para a minha secretária a pensar que queria ter chegado há 50 minutos. Pedidos de desculpas feitos, ligo o computador, abro o e-mail e elejo as principais notícias do dia. Tento ler algumas mas os olhos tremem - são 09h20 e ainda não toquei numa gota de café! Vou à copa, preparo um pequeno-almoço rápido (1 kiwi e um iogurte com cereais, para compensar os excessos que se avizinham) e um cappuccino duplo. 
São 10h49, com o cappuccino tomado e as notícias lidas, mas continuo cheia de sono... Tenho uma recaída,  e corro à copa a tomar um bom café!


--

Before going on vacation, I try to reduce the number of coffees you drink, not only in an attempt to slow down to enjoy the best period of relaxion that lies ahead, as well as precautionary because outside Portugal find a good coffee is an adventure . As a first step, try to cut the abatanado morning, but the task is difficult ...

This morning was particularly clumsy. I woke up at 8:20 a.m. startled: she had turned off the last awakened at 07:00 and had gone back to sleep. Worse was past the time you usually leave home. Jump out of bed and run to the house-the bathroom. Quick shower, wash face and teeth. I return to the room, do the bed and choose a dress. Light makeup, hair in a way, some simple earrings, a low pumps to walk fast and leave the house to run. At 8:59 a.m. was already on the subway platform waiting for him to arrive (missing 4 minutes!).
9:15 a.m. to go into the bank and run to my desk thinking I wanted to have arrived 50 minutes. Apologies made​​, turn on the computer, open the email and elect the top stories of the day. I try to read some eyes but tremble - 9:20 a.m. and are still not touched a drop of coffee! I go to the pantry, I prepare a quick breakfast (1 kiwi fruit and a yogurt with cereal, to compensate for the excesses to come), and a double cappuccino.
Are 10h49, with cappuccino and taken the news read, but still full of sleep ... I have a relapse, and run to the pantry to take a good coffee!

segunda-feira, 29 de julho de 2013

# 130 : A Casa da Baía // The Bay House

(English version below)

Em plena Avenida Luísa Todi, em Setúbal, encontramos um dos espaços mais simpáticos e interessantes da cidade: A Casa da Baía, um encontro entre a cultura e a cidade, a tradição e a modernidade.
N' A Casa da Baía encontramos, entre muitas outras coisas, uma Galeria onde podemos ver uma exposição sobre a cidade, uma Loja Vínica riquíssima, com os melhores vinhos da nossa região (sem esquecer o delicioso moscatel!), um Café com todos os gostos e sabores típicos da cidade e, ainda, um restaurante / casa de chá. Tudo isto num toque minimalista e com imenso com gosto, recheados com uma imensa simpatia. Para desfrutarmos de tudo isto, A Casa da Baía oferece ainda um delicioso lounge a céu aberto, onde podemos ouvir deliciosos concertos, descansar ao luar ou ainda saborear deliciosos raios de sol. Com uma agenda cultural preenchidíssima, A Casa da Baía é uma paragem obrigatória por excelência em qualquer passagem por esta cidade à beira-rio! 






imagens retiradas de: Câmara Municipal de Setúbal

--

Located on Luísa Todi Avenue in Setúbal, we find one of the most friendly and interesting spots in the city: The Bay House, a meeting between the city and the culture, tradition and modernity.
Om The Bay House we found, among many other things, a gallery where we can see an exhibition about the city, a wine house, with the best wines of our region (not forgetting the delicious muscatel!), a coffee shop with all tastes and flavors typical of the city and also a restaurant / tea house. All this in a minimalist touch and with immense taste, stuffed with a huge sympathy. For us to enjoy all this, The Bay House also offers a delightful open-air lounge, where we can hear delicious concerts, resting in the moonlight or enjoy delicious sunshine. With a full cultural agenda , The Bay House is a mandatory stop for excellence in any passage through this city by the river!

images from: Câmara Municipal de Setúbal

sexta-feira, 26 de julho de 2013

# 128 : Sugestão para o fim-de-semana // Suggestions for the weekend

(English version below)


A sugestão para este fim-de-semana é tão grandiosa que vale por cinco! Se passar este sábado pelo MUDE, poderá, não só visitar o último dia da exposição "Dentro de Ti é Cidade", como ainda poderá participar na visita guiada à exposição de Miguel Arruda, na voz do próprio. Como se não bastasse, poderá ainda (re)visitar a Colecção permanente, ou ainda as exposições temporárias SCHIAP SHOCK, 21st Century Rural Museum e a exposição de kaiakes.


--

The suggestion for this week-end is so great that it worth five! If it passes this Saturday at MUDE, you can not only visit the last day of the exhibition "Within You is the City", as you can still participate in the guided tour of the exhibition of Miguel Arruda, in the voice of their own. As if that were not enough, you can also (re) visit the permanent collection, or the temporary exhibitions: SCHIAP SHOCK, 21st Century Rural Museum and kaiakes exhibition .

quinta-feira, 25 de julho de 2013

# 127 : Sushi Café Avenida

(English version below)

Após muitos anos de fidelidade ao Sushi Café nas Amoreiras, resolvi conhecer o restaurante da Avenida da Liberdade. É fantástico! Com a qualidade de sempre, um espaço fenomenal e uma simpatia única, o Sushi Café Avenida tornou-se no meu eleito. Como se não bastante, fomos recebidos por um saxofonista brilhante, ao som de um saboroso bossa nova..
Felizmente, a ementa é idêntica, o que me permite saborear aquele soberbo gelado de violeta com pêra rocha em qualquer um dos restaurantes que escolha. Parabéns Sushi Café!

--

After many years of loyalty to Sushi Café in Amoreiras, decided to meet the restaurant in Avenida da Liberdade. It is fantastic! With quality always a phenomenal space and a unique sympathy, the Sushi Café Avenida became my elected. As if not enough, we were greeted by a brilliant saxophonist, the sound of a tasty bossa nova ..
Fortunately, the menu is identical, which allows me to enjoy that wonderful violet ice cream with pear Rocha in any of the restaurants you choose. Congratulations Sushi Café!

# 126 : O Preço // The Price

(English version below)

O Preço, de autoria de Arthur Miller e com encenação de João Lourenço, em cena no Teatro Aberto, é das peças mais deliciosas que vi desde o Senhor Puntila, que também esteve alojado naquela casa. Com actores fantásticos (António Fonseca, João Perry, Marco Delgado e São José Correia), O Preço é o serão perfeito após um dia de trabalho. Com profundas reflexões sobre o passado das personagens, envolvidas em magnífico humor, somos levados a simpatizar instantaneamente com as personagens, tentando compreende-las e revermo-nos em diversos momentos das nossas vidas.



--

The Price, written by Arthur Miller and staged by João Lourenço, on scene at the Aberto Theater, is of the most delicious I've seen since the Lord Puntila, who was also staying in the house. With fantastic actors (António Fonseca, João Perry, Marco Delgado and São José Correia), The Price is the perfect distraction after a day's work. With deep reflections on the past of the characters involved in magnificent mood, we are led to sympathize with the characters instantly, trying to understand them and review us at various moments of our lives.

quarta-feira, 24 de julho de 2013

# 125 : a Ginginha / the Ginginha

(English version below)


Qualquer visita a Lisboa que passe pelo Rossio clama por uma paragem na Ginginha, e esta não foi excepção. Quem já provou sabe que é excepcional, com aquele gostinho a licor caseiro e de um adocicado fantástico, sem exageros. Com elas ou sem elas (prefiro sem), a Ginginha é dos melhores cartões de visita para quem, de fora, vem conhecer a cidade ou para quem, de dentro, gosta de provar e re-provar os bons sabores portugueses. Como se lê na porta:

É mais fácil com uma mão
Dez estrelas agarrar
Fazer o sol esfriar
Reduzir o mundo a grude
Mas Ginginha com tal virtude
É difícil de encontrar.



--

Any visit to Lisbon passing through Rossio calls for a stop in Ginginha, and this was no exception. Who knows which is already proved exceptional, with that taste of homemade liquor and a sweet fantastic, without exaggeration. With cherry or without cherry (I prefer without), the Ginginha is the best business cards for anyone from the outside come to visit the city or who, from within, like taste and re-taste the good Portuguese flavors. As it reads on the door:

It's easier with one hand
Ten stars grab
Making the sun cools
Reducing the world to stick
But with such virtue Ginginha
It is hard to find.

terça-feira, 23 de julho de 2013

# 124 : as Cerejas do Fundão chegaram à Baixa // the Fundão Cherries arrived to Downtown

(English version below)

Desde que vivi, por uns meses, em Barcelona, que sinto falta daqueles sumos naturais ou daquelas caixinhas deliciosas de fruta enquanto passeio pelas ruas da cidade. Se no Outono/Inverno podemo-nos deliciar com um cone de castanhas bem quentinhas (para quando batatas-doce assadas?), de Verão faz falta uma fruta fresquinha e saborosa, de preferência da nossa terra.
Felizmente, a Cereja do Fundão leio os meus pensamentos e abriu um pequeno quiosque onde podemos comprar as suas preciosas em cone para nos deliciarmos enquanto visitamos a Baixa. O quiosque fica na Rua Augusta, entre o MUDE e o Arco. De tão boa, espero que esta iniciativa dure todo o Verão, por muitos e bons anos.


--

Since I lived for a few months in Barcelona, I miss those natural juices or those delicious fruit boxes while walking through the city streets. If in Autumn / Winter one may delight with a cone of toasty warm nuts (for when roasted sweet potatoes?), in Summer we desire a chilled and tasty fruit, preferably from our land.
Fortunately, Cherry from Fundão read my thoughts and opened a small kiosk where you can buy your precious in a cone for delighting us while we toured the downtown. The kiosk is located on Augusta Street, between the Arch and MUDE. So good, I hope that this initiative will last all summer, for many years to come.

domingo, 21 de julho de 2013

# 122 : Turista por um dia - Do Marquês ao Terreiro do Paço // Tourist for a day - From Marquês to Terreiro do Paço

(English version below)

Aproveitando o excelente sol de sábado, parti à descoberta de Lisboa como uma turista. Partindo do Marquês de Pombal, descemos a Avenida da Liberdade em direcção ao Terreiro do Paço, admirando os magníficos palacetes e jardins que decoram a cidade. Como paragens obrigatórias, não perdemos um café no Nicola, a bela Ginginha nem um excelente bife à Trindade, mas estes, de tão grandiosos, deixo para futuros posts... 
Para mais tarde recordar, ou para quem queira visitar a Baixa por outra perspectiva, aqui deixo o roteiro:

algumas imagens e informação retirada de: www.cm-lisboa.pt

--

Taking advantage of the excellent sunny Saturday, I went to the discovery of Lisbon as a tourist. Starting from the Marquis of Pombal, Avenida da Liberdade descend towards the Palace Square, admiring the magnificent palaces and gardens that decorate the city. As mandatory stops, not lost in a coffee Nicola, beautiful Ginginha a great steak or the Trinity, but these, so grand, I leave for future posts ...
For later recall, or who wishes to visit the Lower from another perspective, here I leave the script.

If you would like to visit Lisbon and want to know more about the scripts ou history, send me an email and I will help you to plan your trip!

sexta-feira, 19 de julho de 2013

# 120 : Sugestões para o fim-de-semana... // Suggestions for the weekend...

(English version below)

Com as micro-algas a impedirem-nos de irmos à praia, três sugestões citadinas para este fim-de-semana: um after-work numa das muitas esplanadas com vista para Lisboa; um passeio pela Baixa e pelo Chiado, para renovar e redescobrir a cidade; e, no domingo à tarde, uma pausa para relaxar ao som de boa música no Jardim da Estrela para mais uma edição do Meo OutJazz.


--

With micro-algae to prevent us from going to the beach, three suggestions for City entertainment  this week-end: an after-work on one of the many terraces overlooking Lisbon, a stroll through downtown and the Chiado to renew and rediscover the city, and on Sunday afternoon, a break to relax to the sound of good music in the Jardim da Estrela for another edition of Meo OutJazz.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

# 119 : Amorino

(English version below)

Eu costumava pensar que comer um gelado enquanto passeava na rua é sempre uma boa ideia. Um simples Olá ou um requintado Haagen Daz faziam sempre as delicias das minhas visitas à baixa de Lisboa. Com mais ou menos toppings, pedia sempre uma bola de gelado (ou duas, se a gula me atacasse) e desfilava pela calçada de cone e de colherinha colorida na mão enquanto me deliciava com o gelado. Até que um dia abriu a Amorino e tudo ganhou um novo significado... comer um gelado enquanto passeava na rua não é apenas uma boa ideia, é uma ideia fabulosa.
A Amorino é a Meca dos gelados na baixa de Lisboa. Com gelados soberbos, confeccionados com uma arte tal que os tornam únicos, a Amorino trouxe um conceito novo aos cones de gelado, criando uma lindíssima flor com os sabores que escolhemos. Fica fabuloso, até dá pena estragar. Com a Amorino, comem os olhos e a boca... e a nosso ânimo eleva-se, como um balão, até ao céu! 



--

I used to think that eating an ice cream while walking on the street is always a good idea. A simple Wall’s or a fine Haagen Daz were always the delight of my visits to downtown Lisbon. With more or less toppings, always asking a ball ice cream (or two, if gluttony attack me) and paraded down the sidewalk with a cone and a colorful spoon in hand while eating my icecream. Until one day opened the Amorino and everything took on a new meaning ... eating an ice cream while walking on the street is not simply a good idea, it is a wonderful idea!
The Amorino is the mecca of ice cream in downtown Lisbon. With superb ice cream made ​​with such an art that make them unique, Amorino brought a new concept to ice cream cones, creating a beautiful flower with the flavors we chose. It is fabulous, even pitiable ruin. With Amorino, eat the eyes and mouth ... and our soul rises up, like a balloon, to heaven!

quarta-feira, 17 de julho de 2013

# 118 : Os cantos do meu bairro - Antiguidades Cerqueira // The corners of my neighborhood - Antiques Cerqueira

(English version bellow)

Todos os dias passo os olhos pela montra da Antiguidades Cerqueira, mas só na segunda-feira fui visitá-lo. Em pela Estrada de Benfica, o Antiguidades Cerqueira é um antiquário maravilhoso, recheado de livros e peças únicas, cheias de história e significado.
Nesta primeira visita, foquei-me nos livros e comprei "O Arco do Triunfo" e "Homem Rico Homem Pobre". Ambos, de tão velhinhos, quase que se desfazem nas minhas mãos.. E têm aquele cheiro único, que só os grandes antigos livros têm. Mesmo focada nos livros, dei um olhinho às pratas antigas. De entre os inúmeros tesouros, rendi-me a um espelho de prata de mão e a uns ganchos lindíssimos!
Mal posso esperar pela próxima visita...


--

Every day I look at the window of Antiquities Cerqueira, but only on Monday I went to visit him. In the Estrada de Benfica, the Antiquities Cerqueira is a wonderful antiquarian, full of books and unique pieces, full of history and meaning.
On this first visit, I focused on the books and bought "The Triumphal Arch" and "Rich Man Poor Man". Both, as old as they are, almost fall apart in my hands .. And have that unique smell that only large books are old. Even focused on the books, took a little eye at arround. Among the many treasures, I surrendered to a silver mirror and hooks drives!
Can not wait for the next visit ...

terça-feira, 16 de julho de 2013

# 117 : Festas de S. Pedro em Alcácer do Sal // Pilgrimage of St. Peter in Alcácer do Sal

Quando fui jantar a Alcácer do Sal, tive a sorte de encontrar a cidade decorada em honra de S. Pedro, padroeiro daquelas margens sadinas. Honrando a sua tradição de cidade piscatória, as paredes da zona mais antiga exibiam poemas mágicos sobre a cidade, as suas gentes e tradições, transmitindo assim aos seus visitantes o que de melhor Alcácer tem para oferecer..





--

When I went to dinner in Alcácer do Sal, I was lucky to find the city decorated in honor of St. Peter, the patron saint of those sadinas margins . Honoring its tradition of fishing town, the walls of the most ancient area exhibited magic poems about the city, its people and traditions, thus conveying to visitors the best that Alcacer has to offer ..

segunda-feira, 15 de julho de 2013

# 116 : Optimus Alive 2013 - dia 3 // Optimus Alive - day 3

O que é bom acaba depressa...


P.S: Brass Wires Orchestra, Of Monsters And Men e Phoenix foram um arraso...

--

What is good have an early ending...

P.S.: Brass Wires Orchestra, Of Monsters And Men and Phoenix were wonderful...





domingo, 14 de julho de 2013

# 115 : Optimus Alive 2013 - dia 2 // Optimus Alive 2013 - day 2

(English version below)

Não havendo palavras que expliquem os concertos de Editors e Despeche Mode de ontem, aqui ficam alguns vídeo que encontrei no YouTube.. 





--

Since there is no words that could discribe the yesterday concerts of Editors and Despeche Mode, I''l show some videos that I found of YouTube...

quinta-feira, 11 de julho de 2013

# 113 : O Bon Vivant do Miguel // The Bon Vivant Miguel

(English version below)

Adoro conhecer Bons Vivants. Mas Bons Vivants que se prezem, não meros Gatsbys ou pessoas armadas em vedetas. Bons Vivants no seu significado mais íntimo, pessoas que sabem viver bem, e como viver a vida bem, que conhecem os bons prazeres da vida, que os apreciam e conhecem inteiramente, aquelas pessoas com gosto refinado, daquele refinamento que só se adquire com o tempo e com sabedora.
Talvez por o meu pai ser um grande apreciador de bons prazeres, como os gastronómicos ou os vínicos, tenha apanhado este gosto. Desde cedo, o meu pai habituou-nos a apreciar os bons paladares, a apreciar os bons momentos e ensinou-nos aqueles pequenos truques que só quem sabe apreciar os pode ensinar. Com a idade (que ainda não é muita..), comecei a dar razão ao meu pai e a privilegiar a qualidade à quantidade, a degustar em vez de enfardar e a procurar o que é típico e único em vez do que é produzido em massa. Hoje, já consigo igualá-lo em certos momentos.
É por ter este gosto que adoro ler as crónicas do Miguel Esteves Cardoso no Público, em especial as “Na ponta da língua” para a secção Life & Style. Embora estas últimas sejam recentes, percebe-se que o Miguel (tomo a ousadia de o tratar pelo primeiro nome, como se faz aos grandes homens, espero que não se importe!) é um Bon Vivant, daqueles que honram este raríssimo e restritíssimo epíteto. Na sua última crónica, o Miguel falou sobre o Lavagante com uma arte de grande sabedor e mestria. Subscrevo inteiramente as suas palavras, ou não fosse o Lavagante um dos meus petiscos favoritos…

Imagem de www.citador.pt

--

I love meeting Bons Vivants. But Bons Vivants who prezem, not mere Gatsbys or people armed in superstars. Bons Vivants at its inner significance, people who know how to live well and how to live life well, who know the good pleasures of life who appreciate and know fully, those with refined taste, refinement of that which is acquired only with the and time and aware.
Perhaps because my father was a great lover of good gastronomic pleasures like or winery has caught like this. Early on, my father has accustomed us to appreciate the good taste, to appreciate the good times and taught us those little tricks that only those who know can teach. With the years (which still is not much ..), I began to agree with my father and focus on quality over quantity, to taste instead of baling and seek what is typical and unique rather than what is mass produced. Today, we can equate them at certain times.
It is to have this taste that I love reading the chronicles of Miguel Esteves Cardoso in public, especially "On the tip of the tongue" for the Life & Style section. Although the latter are recent, one realizes that Miguel (I take the audacity to treat the 1st name, as does the great men, I hope you do not mind!) is a Bon Vivant, those who honor this very rare and very restrict epithet. In his last chronicle, Miguel talked about the lobster with a great art of knowing and mastery. Interely endorse his words, or the lobster was not one of my favorite dishes ...

quarta-feira, 10 de julho de 2013

# 112 : Porto Covo

(English version below)

Passei o ultimo sábado em Porto Covo,  uma aldeia lindíssima na costa alentejana que tão excelentes memórias me traz. Cheia de gente simpática, e com uma vida muito própria, Porto Covo é paragem obrigatória para todos os portugueses e visitantes estrangeiros, de Verão ou de Inverno, na Primavera ou no Outono.
Porto Covo tem tudo: tem mar e praia, tem casas pitorescas, jovens cheios de vida e anciões cheios de historias, imenso artesanato e vida de rua, restaurantes deliciosos e cheios de tradição.  Adoro Porto Covo!



--

I spent last Saturday in Porto Covo, a village in the beautiful Alentejo coast so that brings me great memories. Full of friendly people, and a life of its own, Porto Covo is a must for all Portuguese and foreign visitors, summer or winter, spring or autumn.
Porto Covo has everything: have sea and beach, with picturesque houses, young people full of life and full of elders stories, crafts and immense street life, delicious restaurants and full of tradition. Porto Covo love!

terça-feira, 9 de julho de 2013

# 111 : Terrace Lounge by Corinthia

(english version below)

Escondido no centro de Lisboa, o Terrace Lounge é um dos maiores tesouros que podemos encontrar em Lisboa. No terraço exterior do Hotel Corinthia, em Seterios, encontramos um jardim delicioso, cheio de cadeirões e sofás fantásticos, onde podemos relaxar ao som de uma excelente música, acompanhados de uma boa conversa e um cocktail delicioso. Um espaço bastante simpático e acolhedor, perfeito para os finais de tarde noites de verão. Um autentico oásis neste deserto urbano...



--

Tucked away in the heart of Lisbon, the Terrace Lounge is one of the greatest treasures we can find in Lisbon. On the terrace of the Corinthia Hotel in Seterios, we find a delightful garden, full of fantastic armchairs and sofas, where we can relax to the sound of great music, accompanied by good conversation and a delicious cocktail. A very friendly and welcoming space, perfect for late afternoon summer nights. An authentic oasis in this desert city ...

segunda-feira, 8 de julho de 2013

# 110 : Hortelã da Ribeira

(English version below)

Na sexta-feira, escondido nas margens do Sado em Alcácer do Sal, descobri o Hortelã da Ribeira, a melhor descoberta que fiz nos últimos meses: um restaurante simples e bastante agradável, onde somos recebidos com uma enorme simpatia, uma energia contagiante, e onde a cozinha é maravilhosa.
Após um requeijão de cabra fabuloso e uma alhada de frango deliciosa, seguimos a sugestão da equipa e provámos os dois pratos com que o Hortelã da Ribeira venceu os dois últimos concursos de sabores da região (este ano e no ano anterior): lingueirões de caldeirada e batata-doce e, por fim,  um misto de cogumelos selvagens com espargos. No segundo caso, embora seja uma combinação que já conhecia, surpreendeu-me a enorme mestria com que foi elaborado, o que tornou este prato único. Já no primeiro caso, fiquei absolutamente rendida, é sublime. Com ingredientes tão simples e tão portugueses, os lingueirões de caldeirada fazem um prato absolutamente genial! A quem o criou, o meu muito obrigada!
Pela amostra, mal posso esperar por descobrir o prato que ir a concurso no próximo ano...



--

On Friday, hidden on the banks of the river Sado in Alcacer do Sal, I discovered Hortelã da Ribeira, the best discovery I've made in recent months: a simple restaurant and quite pleasant, where we are greeted with a huge sympathy, contagious energy, and where the kitchen is wonderful.
After a fabulous goat curd, we follow the suggestion of the team and we proved the two dishes that Hortelã da Ribeira won the contests of flavors of the region (this year and in the last year): lingueirões of stew and sweet potato and finally, a mixture of wild mushrooms with asparagus. In the second case, although it is a combination that I already knew, surprised me with the sheer artistry that has been prepared, which made this dish unique. In the first case, I was absolutely surrendered, is sublime. With ingredients so simple and Portuguese, lingueirões make a dish of stew absolutely brilliant! To whom created thi dish, my many thanks!
For the sample, I can hardly wait for the dish to go out to tender next year ...

domingo, 7 de julho de 2013

# 109 : Praia Grande

(English version below)

Está tanto calor, mas tanto calor que só se está bem na praia, mergulhada neste imenso mar. A eleita deste fim-de-semana foi a Praia Grande, em Porto Covo.





--

It is so hot, but so hot that we only feel great being on the beach, immersed in this vast ocean. The elected this weekend was the beach Praia Grande, in Porto Covo.

sexta-feira, 5 de julho de 2013

# 108 : Sugestões para o fim-de-semana // Suggestions for the weekend

(english version below)
Com este calor abrasador, receio que comece a ficar repetitiva... ainda assim, e porque sei que um grande dia de praia nunca enjoa, aqui deixo as minhas sugestões para este fim-de-semana: ouvir O Carnaval dos Animais do compositor francês Camille Saint-Saëns no largo S. Jorge; muito sol, muitos banhos de mar e muita Praia; e, por fim, assistir aos Amigos Improváveis na Quinta das Conchas, no domingo.
--
With this scorching heat, I am afraid to start getting repetitive... yet, and because I know a great day at the beach never get bored, here I leave my suggestions for this week-end: listen to Le carnaval des animaux composed by Camille Saint-Saëns in the square S. Jorge; lots of sun, sea bathing and beach; and finally, watch Intouchables at Quinta das Conchas, on Sunday.

quinta-feira, 4 de julho de 2013

# 107 : Pessoa em Granta // Pessoa in Granta

(english version below)
 
Porque falar de uma cidade é também falar das suas gentes e das suas obras, dedico este post a Fernando Pessoa (o primeiro que sobre ele farei). Neste caso, falarei do Pessoa presente na Granta. Estando presa a uma viagem ao Monte dos Vendavais, de Emily Brontë, ainda não consegui dedicar-me inteiramente a ler a Granta. Ainda assim, não resisti e dei uma espreitadela aos sonetos de Pessoa, um dos meus poetas favoritos.
Como sempre, comprovo que Pessoa é grande (digo é porque acredito que ainda está vivo, em nós), tão grande que não cabe naquele seu corpo frágil e, por isso, criou tantos outros "eus". Pessoa dizia-se um "histérico". Para mim, Pessoa é muito mais do que isso, é um histérico desesperado, alguém que sente em si uma erupção de sentidos e emoções que não compreende, que são maiores do que a sua pobre e humilde existência, que o conduziram ao "Desassossego", ao desespero da procura e da compreensão.
Considerando que a poesia é muito mais bonita quando recitada, aqui deixo dois dos sonetos presentes na Granta, pelas vozes de Margarida Vila Nova e do Gonçalo Waddington.
 

 
--
 
Because speak of a city is also talk about its people and their work, I dedicate this post to Fernando Pessoa (the first that I will do about him). In this case, I will talk about the Pessoa present in Granta. Being attached to a trip to Wuthering Heights, Emily Brontë, I still could not devote myself entirely to read the Granta. Still, I could not resist and took a look at the Pessoa's sonnets, one of my favorite poets.
As always, I proved  that Pessoa is great (I say is because I believe that he is still alive in us), so big that he does not fit his weak body and therefore created many other "selves." Pessoa said he was a "hysterical." For me, Pessoa is much more than that, he is a hysterical desparate, someone who feels itself an eruption of feelings and emotions that he do not understand, that are larger than their poor and humble existence, which led to the "Desassossego", to the despair of searching and understanding.
Considering that poetry is much more beautiful when recited, here I leave two of the sonnets present in Granta, the voices of  Margarida Vila Nova and Gonçalo Waddington.

quarta-feira, 3 de julho de 2013

# 106 : Confissões de uma coffeeholic - Aqueça a sua alma! //Coffeeholic confessions - Warm your soul!

(english version below)

Esta foi encontrada no Este Oeste..


--

This onde was found in the restaurant Este Oeste.

# 105 : Ana Moura e Pedro Abrunhosa em S. Roque // Ana Moura and Pedro Abrunhosa at S. Roque

(english version below)
A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa faz 515 anos e para os comemorar vai promover uma série de concertos gratuitos entre as 19h e 22h30 em São Roque, no Largo Trindade Coelho. Fundada em 1498 pela rainha D.Leonor, a Santa Casa dedica-se a apoiar os mais desfavorecidos e marginalizados, sendo pioneira na procura de novas respostas sociais.
De entre os diversos artistas portugueses que hoje subirão ao palco, destaque para Ana Moura às 21h15 e para Pedro Abrunhosa, que às 22h00 se junta à grande fadista para um dueto.
--
The Santa Casa da Misericordia de Lisboa (SCML) celebrates its 515th anniversary and to commemorate SCML will promote a series of free concerts between 19h and 22h30 in São Roque, in Largo Trindade Coelho. Founded in 1498 by Queen D.Leonor, Santa Casa is dedicated to supporting the most disadvantaged and marginalized, being a pioneer in finding new social responses.
Among the various Portuguese artists today will rise to the stage, Ana Moura will present Desfado at 21:15 and Pedro Abrunhosa joins the great singer for a duet at 22h00.

terça-feira, 2 de julho de 2013

# 104 : Honorato

(english version below)
Hoje fui visitar o Honorato em Sta. Marta, a mais recente morada dos "melhores hamburgueres de Lisboa". Num espaço giríssimo onde a simpatia abunda, provei os mini-hamburgueres Picanha e Gorgonzola. Estavam soberbos! Embora super cheia, os hamburgueres estavam tão deliciosos que não resisti e comi tudo. Não sei como não saí de lá a rebolar... Aqui tão perto, o Honorato entrará, certamente, na lista dos spots obrigatórios para recarregar baterias a meio de um dia de trabalho! Ahh, e um pormenor delicioso (mesmo para quem não aprecia a bebida): o Honorato é um Gin Club! magnífico para um after-work perfeito.


--

Today I visited Honorato in Sta Marta, the latest home of the "best burgers in Lisbon." In a very cute space, where the friendliness abounds, I tasted the mini-burgers Rump and Gorgonzola. They were superb! Although super crowded, the burgers were so delicious I could not resist and ate everything. Do not know how I left there not to roll ... So close, the Honorato will certainly be on the list of spots required to recharge batteries in the middle of a work day!
Ahh, and a delicious detail (even for those who do not enjoy the drink): the Honorato is a magnificent Gin Club! for a perfect after-work.

segunda-feira, 1 de julho de 2013

# 103 : No Reservations em Lisboa // No Reservations in Lisbon

(english version below)

Eu sei que este video não é nenhuma novidade, mas creio que está tão bom que é intemporal. Daqui a uns anos, vamos olhar para ele e perceber o quão actual ele se encontra. Anthony Bourdain veio a Lisboa e captou muito do que é de melhor nesta magnífica cidade. É fantástico ver-mos um grande crítico render-se, desta forma, à nossa cidade..


--

I know this video is no novelty, but I think it is so good that is timeless. In a few years we will look at it and realize how current it is. Anthony Bourdain came to Lisbon and captured much of what is the best in this magnificent city. It is fantastic to see a great critic surrenders to our city ..