domingo, 30 de junho de 2013

# 102 : Praia do Meco // Meco beach

(english version below)
 
Depois de um dia como este, em que a água do Atlântico estava tão quente e as ondas vinham, calmamente, beijar os nossos pés, elejo a melhor praia de Portugal!


--

After a day like this, where the Atlantic water was so warm and the waves came, quietly, kissing our feet, I elect the Meco beach the best one in Portugal!

sexta-feira, 28 de junho de 2013

# 101 : Sugestões para o fim-de-semana // Suggestions for the weekend

(english version below)
Para este fim-de-semana, três novas sugestões: um copo after-work com os amigos num dos Quiosques da Avenida, o concerto sinfónico de estreia do Festival ao Largo (que decorrerá na sexta e no sábado) e, no domingo, uma visita ao mercado do LXFactory.

--

For this weekend, three new suggestions: one fresh drink after-work with some friends at the Quiosques da Avenida, the debut of the Festival ao Largo with a symphonic concert (friday and saturday) and, on sunday, the LXFactory market.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

# 100 : Um jantar diferente e uma surpresa // A different dinner and a suprise

(english version below)
 
Quando andava na escola, a lição número 100 era sempre comemorada com uma festa. Sem darmos matéria nesse dia, a sala de aula era recheada de bolos, sandes e muita diversão. Para este post # 100, decidi fazer algo semelhante: preparei um prato especial para o jantar de ontem e iniciei a edição dos post em duas línguas, adicionando, assim, o inglês para que o a Cat in Lisbon chegasse mais longe.

Noodles de perú e vegetais com molho de soja

Bife de peru grelhado e cortado em pequenas tiras
Vegetais cozidos (escolhi uma mistura de rebentos de soja, cenoura, pimentos e algas)
Noodles
Molho de soja
Açúcar
Um fio de azeite

Enquanto cozia os noodles, peguei numa frigideira e, com um fio de azeite, salteei os vegetais e o peru. Juntei o molho de soja e salpiquei de açúcar para cortar a acidez. Deixei a apurar em lume brando. Depois de escorrer os noodles juntei-os na frigideira e envolvi muito bem. Estava delicioso!
 
 
 
--
 
When I was at school, the lesson number 100 was always celebrated with a party. No matter was gave that day, the classroom was filled with cakes, sandwiches and lots of fun. For this post # 100, I decided to do something similar: I prepared a special dish for dinner last night and started editing the post in two languages​​, thus adding the English so the a Cat in Lisbon came farther.


Noodles with turkey, vegetables and soy sauce


Steak grilled turkey and cut into small strips
Cooked vegetables (I chose a mixture of bean sprouts, carrots, peppers and algae)
Noodles
Soy sauce
Sugar
A drizzle of olive oil


Cook the noodles. Take a frying pan and, with the olive oil, sauté the vegetables and turkey. Join the soy sauce and powder eith sugar to cut the acidity. Left to determine simmer. After draining the noodles, join them in the pan and wrapped nicely. It was delicious!

quarta-feira, 26 de junho de 2013

# 99 : Confissões de uma coffeeholic - “Desculpe, que café tem?”

Devo ser das pouquíssimas pessoas, a julgar pelos olhares de espanto e incredulidade que recebo, que num restaurante pergunta ao empregado de mesa “Desculpe, que café tem?”. É que para mim, faz toda a diferença. Normalmente, em resposta à minha pergunta recebo um simpático “Não sei, mas vou ver e já lhe digo” e um olhar de censura de quem me acompanha regularmente, ou de riso para quem esta minha “mania” é uma novidade.

Embora não ache que seja muito esquisita, há certas marcas de café (e.g. Nespresso, como já referi aqui) de que não gosto. Quando calha estar num restaurante que sirva uma dessas marcas, prefiro dar a minha refeição por terminada e beber o meu café num cafezito ao lado (ou não beber de todo!). É claro que, por si só, a marca do café não é garantia de que o dito seja bom, cabe muito da sua qualidade ao engenho de quem o tira, mas regra geral tenho confiança na arte de quem está ao balcão e se me desiludo (na maioria das vezes dá para ver só pelo aspecto) peço a gentileza de me tirarem outro.
Pode parecer uma maluquice minha (que tenho tantas!), mas para mim o café tem o dom de melhorar ou estragar por completo um almoço ou um jantar. Lembro-me de um episódio em Barcelona, onde infelizmente um bom café é uma raridade (uma lástima imperdoável a quem está tão perto dos portugueses e dos italianos), em que após uma paella magnífica, num início de tarde fabuloso em plena Gràcia, um café queimadíssimo me levou a jurar nunca mais voltar aquele restaurante! Como vivi por lá durante uns meses, o “nunca mais voltar” tinha mesmo significado. Felizmente, passado uns dias, descobri 2 cafés óptimos e perto de minha casa, aos quais me mantive fiel enquanto por lá vivi.
imagem encontrada aqui.

terça-feira, 25 de junho de 2013

# 98 : Cineconchas 2013


O Cineconchas começa já esta semana. Por três dias (quintas, sextas e sábados) durante três semanas, o Parque da Quinta das Conchas terá uma tela gigante onde cada dia, às 21h45, será projectado um filme. É uma excelente oportunidade para ver algum filme que gostemos muito ou que ainda não tenhamos visto, num jardim, ao ar livre e em excelente companhia. A estreia ficará a cargo do português Tabu, um filme de Miguel Gomes.


segunda-feira, 24 de junho de 2013

# 97 : As empadas de camarão do Banana Café

Com este sol e o calor que já se faz sentir, o que apetece mesmo é um almoço ligeiro numa boa esplanada de Lisboa. Poder almoçar ao sol, com uma vista fabulosa, enquanto nos deliciamos com os petiscos  tradicionais portugueses e renovamos o nosso bronzeado, é um dos grandes previlégios de morarmos no nosso país dos quais eu não abdico. Se o almoço for, então, enriquecido por uma óptima conversa ou um bom livro, aqueles 60 minutos tornam-se únicos.
Hoje deixo uma sugestão: a deliciosa empada de camarão (é fabulosa!) com uma side salad e um sumo natural de ananás do Banana Café.

domingo, 23 de junho de 2013

# 95 : Fez-se música em Lisboa...

Ontem, fez-se música em Lisboa. Comecei no Banana Café, onde ouvi o ensaio do mini-concerto de rock, e depois subi até ao Jardim Botânico para uma deliciosa tarde de jazz. A mistura foi perfeita: um concerto delicioso, um espaço incrível e um óptimo dia... Foi a primeira vez que assisti ao Faz Música. Adorei!

                      

sexta-feira, 21 de junho de 2013

# 94 : Sugestões para o fim-de-semana

É sexta-feira, e com ela chegam as sugestões para este fim-de-semana: a peça Rosencrantz & Guildenstern estão mortos no CCB, o Video mapping nos Armazens do Chiado e o Vinho a Copo, no Bairro Alto.
"Rosencrantz & Guildenstern estão mortos" retrata a vida de duas personagens secundárias de "Hamlet" de Shakespeare, com texto de (Sir) Tom Stoppard e encenação de Marco Martins, que conta com três dos artistas portugueses que mais admiro: Gonçalo Waddington, Nuno Lopes e Bruno Nogueira.  Eu vou ver a peça hoje.. às 21h em ponto no CCB! Ao contrário do Gonçalo Waddington e do Nuno Lopes, quem procuro acompanhar em todas as peças em que sei que participam (já verdadeiros senhores do teatro!), será a primeira vez que vou ver o Bruno Nogueira em placo num registo mais sério..
Já no sábado, a fachada dos Armazéns do Chiado transformar-se-á numa tela onde será projectada o Video mapping, um espectáculo digital de luz e som que pretende comemorar a chegada do verão à cidade de Lisboa.
E por fim, para completar as primeiras noites de verão, mesmo que a temperatura não o sugira, e para aquecer a alma, o Bairro Alto será invadido pelo Vinho a Copo, uma iniciativa dos Vinhos de Portugal que nos permitirá regar as noitadas de amigos com o melhor que os nossos vinhos têm para oferecer.

Enviar a um Amigo














quinta-feira, 20 de junho de 2013

# 93 : Confissões de uma coffeeholic - um altar à Nicola!


Sempre gostei da Nicola. Para além de produzir um café maravilhoso, com um sabor aveludado e cremoso (também neste campo não sou especialista, apenas apreciadora – com açúcar! – e uma grande consumidora), a Nicola traz-me óptimas memórias, como a campanha “Encontros perfeitos” com os seus pacotes de açúcar ou ainda o lindíssimo spot publicitário em que uma noiva foge do altar para se reencontrar com o seu grande e antigo amor, que a esperou por 5 anos e 15 minutos! Quem não passou o verão 2008 (creio!) a deliciar-se com as mensagens que apareciam nos pacotes de açúcar da Nicola? A colecionar e a procurar novas mensagens que não tenha, ainda, lido? A guardar uma mensagem para, mais tarde, entregar a alguém que lhe seja especial? E com o vídeo, haverá alguém que não se tenha rendido ao seu encanto?


Se já era fã incondicional da Nicola pelo sue café, estas campanhas criaram em mim um enorme carinho e respeito pela marca, tornando-a numa das minhas preferidas de sempre! Já este ano, esse respeito foi elevado pela criação das cápsulas Nicola compatíveis com as máquinas da Nespresso! Finalmente!!
Embora admire imenso a Nespresso pelo conceito criado, um modelo de negócio que se tornou num verdadeiro case-study  e que revolucionou completamente a industria dos cafés, e seja consumidora da marca, nunca gostei dos seus cafés. A Nespresso têm quase tudo: um conceito inovador, um design arrojado e uma estratégia de mercado genial. Só não têm um café de qualidade! A ideia dos cafés aromáticos, em cápsulas cheias de cor numa caixinha toda gira, é muito engraçada sim senhora, mas não é bom! Sei que muita gente gosta e que o sucesso da marca é estrondoso, mas quem gosta de um bom café português sente sempre a diferença! Ainda me consegui habituar ao Roma e ao Ristretto, mas nunca mais bebei um café “em casa” como prazer... Opto quase sempre, excepto no trabalho, por ir beber um café à rua. Foi por isso que dei pulos de alegria quando descobri as novas cápsulas da Nicola… são óptimas, tanto na gama Bocage como na Selecto, e vieram dar um novo sabor aos meus dias!

quarta-feira, 19 de junho de 2013

# 92 : Lisboa em Si

Esta sexta-feira, às 22h00 e durante apenas 7 minutos, a zona ribeirinha vai ser invadida pelo Lisboa em Si, um concerto composto pelos sons tradicionais da cidade. Entre a igreja de St. Estêvão, a igreja de Sta. Catarina e o Miradouro de S. Pedro de Alcântara, ouvir-se-á uma composição musical composta especialmente para este evento, com uma orquestra formada pelos apitos de embarcações, as viaturas de bombeiros, os comboios, os sinos de igrejas e as campainhas de eléctricos.
Embora o concerto possa ser disfrutado em toda a zona à beira-rio, foram identificados 7 pontos onde se poderá saborear este espactáculo em todo o seu esplandor:
  • Miradouro de Sta. Catarina
  • Praça Camões
  • Miradouro de S. Pedro de Alcântara
  • Miradouro da Graça
  • Castelo de S. Jorge
  • Miradouro de Sta. Luzia
  • Praça do Comércio.
Uma bela sugestão encerrar em grande a Primavera!


terça-feira, 18 de junho de 2013

# 91 : Museu Colecção Berardo no Google Cultural Institute

Acho já deu para perceber que adoro museus.. Adoro ver exposições, colecções e mostras. Adoro lojas de museus. Adoro ver, rever e voltar a ver peças, quadros ou instalações de que gosto. Não sou uma especialista em arte, nem de perto nem de longe, mas sou uma grande admiradora de artistas, de obras e de projetos. Aliás, sou bastante Tchecoviana neste aspecto.. consigo admirar o engenho de um artista, consigo (por vezes com dificuldade) perceber a genialidade de certas obras mas o que gosto mesmo é de ver e rever as peças de que mais gosto, aquelas onde encontro beleza!
Por tudo isto, fiquei rendida com o lançamento do Google Cultural Instute (GCI), um museu digital com inumeras colecções e exposições de todo o mundo. No GCI encontramos colecções tão conhecidas como a do British Museum ou a do MoMA, que nos permitem revistar obras emblemáticas e matar saudades de visitas passadas. Em Portugal, o Museu Colecção Berardo foi o primeiro, e até hoje único, museu que integrou o GCI, um passo importantíssimo e decisivo para a afirmação internacional de uma das mais conceituadas colecções portuguesas. Embora só estejam disponíveis 31 peças, a visita a esta colecção é obrigatória! 
Espero que no futuro a exibição de obras e colecções no GCI vire moda e que mais museus integrem este projecto.. para que todo o mundo possa ver de perto todas as maravilhas que temos guardadas neste nosso, e querido, Portugal..

segunda-feira, 17 de junho de 2013

# 90 : 5.000 visitas


 

Quando criei o a Cat in Lisbon, com o post # 1, nunca imaginei que em pouco mais do que cinco meses teria recebido mais de 5.000 visitas. É formidável, é maravilhoso.. quando reparei, fiquei sem palavras que conseguissem descrever a enorme alegria que sinto. Não conheço quem visita este cantinho, se são assíduos ou se só cá estão de passagem, se gostam ou se não lhe acham muita graça... só sei que são na sua maioria portugueses e que, das poucas respostas que recebo (em especial quando escrevo sobre um restaurante ou bar), a opinião é muito boa. Desde já, o meu muito, muito obrigada!!
Graças às estatísticas do Blogger, descobri que já recebi visitas de diversos países. Mais curioso ainda foi reparar que, à excepção de Portugal, nenhum desses têm o português como língua-mãe e que, por isso, deverão ter alguma dificuldade em perceber o que escrevo (sei que a minha escrita é pouco ortodoxa..!).
Para não me alongar muito mais (acho que conseguia escrever um romance neste momento!), quero agradecer uma vez mais a todos aqueles que seguem a Cat in Lisbon e apelar a que me enviem os vossos comentários, sugestões e opiniões para qye vos possa conhecer um pouco melhor e para poder responder às vossas expectativas.

 

 

domingo, 16 de junho de 2013

# 89 : Peixe & Cia

Setúbal, uma linda cidade à beira do Sado, é uma das muitas cidades piscatórias por excelência em Portugal. Repleta de excelentes restaurantes, onde o peixe assado e outras inúmeras iguarias tradicionais nunca desapontam, Setúbal é uma cidade lindíssima, apenas a 49km a sul de Lisboa.
Aproveitando o sábado maravilhoso que se fez ontem, desci até Setúbal a tempo de jantar no Peixe & Cia., um restaurante bastante simpático e modesto em plena Avenida Luísa Todi. Como em qualquer boa casa setubalense (as quais, todas elas,  procurarei apresentar em posts posteriores), todo o peixe é fresquíssimo e delicioso.. muito bem acompanhado, a meu pedido, por uma salada de tomate e migas de brócolos! Desta feita, as eleitas foram as sardinhas (e que maravilhosas que elas estão este ano....)!

Declaração de interesses: Tendo nascido e vivido grande parte da minha vida em Setúbal, e fã incondicional da minha cidade, sou suspeita quando gabo as maravilhas de Setúbal.. ainda assim, garanto que tudo o que escrevo é verdade e desafio todos os desconfiados a comprovarem pessoalmente o que por aqui escrevo :)


sábado, 15 de junho de 2013

# 88 : Consumo Feliz

Em dia de S. António, fui fazer uma visitinha a Belém.. Não consigo ficar muito tempo sem lá ir. O grande alvo do dia (tirando a 1000a visita à Colecção Berardo, que guardo para um outro post, e de uma pausa deliciosa numa das muitas esplanadas para ler e saborear o sol) era a exposição Consumo Feliz, no piso -1 do Museu Berardo.
Com mais de 350 exemplares, a exposição Consumo Feliz ilustra a publicidade e sociedade do Século XX através de ilustrações originais da James Haworth & Company. Uma exposição a não perder, quer para quem viveu os tempos únicos das décadas finais do século XX, e que certamente se lembrarão de ver muitos destes cartazes ao longo dos anos, quer para quem (como eu) só surgiu depois, e que assim pode conhecer de forma única os primórdios da publicidade e da apologia de um "consumo feliz". 







sexta-feira, 14 de junho de 2013

quinta-feira, 13 de junho de 2013

# 86 : A Granta chegou!!

Finalmente recebi a minha Granta.. Após dias e dias de espera, finalmente recebi o meu "Eu". Agora é acabar avidamente o livro que estou a ler. Mal posso esperar por lhe deitar as mãos!


                                       


quarta-feira, 12 de junho de 2013

# 85 : Red Bull O Santo Vertical


É já hoje a Red Bull - O Santo Vertical, uma grande festa no Largo do Intendente que pretende dar um novo folgo aos festejos de Santo António. Na noite de festa por excelência, a passagem por esta mega festa é obrigatória! Entre as 19h30 e as 02h, o largo vai estar cheio de DJs e de muita animação para preencher a noite de Lisboa de muita música, dança e alegria...


terça-feira, 11 de junho de 2013

domingo, 9 de junho de 2013

# 83 : Saturday's breakfast

O meu pequeno-almoço de ontem foi assim: iogurte com muesli e maçã, maçã, torradas e café. Perfect!




sábado, 8 de junho de 2013

# 82 : Tasca Urso

Entre a Rua da Escola Politécnica e S. Bento descobri um restaurante fantástico, perfeito para um grande jantar de amigos. Acolhedor, simpático, com um toque a comida caseira, a Tasca Urso é especial. Até agora, só lá fui em jantares a preço fixo - por 18€ somos recebidos com um couvert (pão, manteiga e azeitonas temperadas) que se prolonga enquanto quisermos, creme de alho francês com pimenta preta, filetes de pescada com puré de bata e cenoura ou arroz de pato com salada, sobremesa (uma Mousse de Lima soberba ou Mousse de Chocolate que fez imenso sucesso entre os meus amigos) e café. Tudo isto, bem regado com vinho tinto da casa (não sou especialista, mas como grande fã de vinho tinto, posso dizer que não é nada mau), sangria ou água para os menos ousados...
Se a preço fixo a Tasca Urso já faz parte da minha lista de restaurantes de referência, mal posso esperar por lá voltar à lá carte.
Ahh, e os donos, são um encanto! Super atenciosos e simpáticos.. Adoro!






quinta-feira, 6 de junho de 2013

# 81 : Andy Warhol no Colombo

A temperatura voltou a baixar, e com ela foi o nosso ânimo! Serei a única pessoa que está farta de ser branquinha e de ter de vestir um casaco para sair de casa ?! Quero sol, quero calor e quero que perdure por 3 meses pelo menos.. até que voltem os desejos de voltar a por casacos no roupeiro!
Infelizmente, S. Pedro parece não concordar comigo.. o que me obrigada a procurar entretenimento "dentro de casa". Foi assim que, há 2 semanas, enquanto aguardava a retoma do calor (que durou tão pouco..) fui às compras ao Colombo (sei que é uma coisa horrível de se dizer, mas fazer compras é uma das minhas melhores terapias..) e aproveitei para visitar a exposição do Andy Warhol. Super fã de Pop-Art que sou, adorei a exposição..





terça-feira, 4 de junho de 2013

# 80 : Cervejaria Ramiro

Assim que começa a subir a temperatura, final de tarde de domingo vira, para mim, sinónimo de Cervejaria Ramiro. A melhor Cervejaria de Lisboa, sem sombra de dúvida! Há mais de 4 anos que a frequento e nunca me desapontou.
Para quem não conhece, recomendo as gambas algarvias (cozidas ao vapor e cheias de sal, mesmo como eu gosto), os percebes e o prego ( para muitos, o "o melhor prego de Lisboa!"). Tudo isto bem regado, como não poderia deixar de ser, com uma boa cerveja, sempre fresquinha, mesmo no ponto. Como não aceitam reservas, temos de ir cedo ou ficar a aguardar pela mesa.. garanto que a espera compensa!


# 79 : Assador by Olivier

Assim que soube que o Olivier tinha um novo projecto, desta feita o Assador, corri a experimentar. É óptimo.. Maravilhoso!! Para mim, é a melhor descoberta de "fast food" português do século. Com propostas deliciosas - simples e sofisticada ao mesmo tempo - e com uma imagem arrebatadora, a abertura do Assador veio trazer uma lufada de ar fresco aos restaurantes de comida rápida, dando um toque especial aos almoços de quem por ali trabalha... Experimentei a Salada César e fiquei rendida, é deliciosa!
E tudo tão perto, em pleno Saldanha... 



domingo, 2 de junho de 2013

# 78 : Sushi Cafe Corner

Embora fã do Sushi Café (ainda que tenham retirado da ementa o meu prato favorito!! que saudades daquele pato com ameixas..), nunca tinha experimentado o Corner no Colombo. Aproveitando a estreia d' "a Ressaca", decidi não adiar mais e fui experimentar os temakis do Corner. Optei pelo tradicional de salmão e filadelphia (das junções mais geniais que conheço, como já o disse milhares de vezes.. eu sei!) e pelo especial de salmão braseado com molho picante. O primeiro, sem grandes surpresas, estava muito bom.. suave e delicado como sempre. Já o segundo, foi uma maravilhosa surpresa. Embora seja um pouco diferente ao início, rapidamente se torna em algo bastante delicioso que arrasa com a simplicidade dos temakis tradicionais. Daqueles que, cito, "primeiro estranha-se, depois entranha-se"! Fiquei rendida..


sábado, 1 de junho de 2013

# 77 : SkyBar

Seguindo uma das minhas sugestões para este fim-de-semana.. O meu final de tarde de ontem passou por uma boa taça de vinho no SkyBar! Espectacular como sempre...
Com uma das melhores vistas de Lisboa, com o castelo e o rio a emoldurar a cidade, o SkyBar é um dos melhores terraços que conheço! E tudo isto, com a qualidade e simpatia do Tivoli.